Marcas de beleza que apostam na real representatividade

24 - 08 - 2016

Mequetrefismos-avon-bigdefine-representatividade-mulher-negra

É perceptível a mudança das marcas de beleza em questão de padrões e representatividade, elas entenderam que precisam ouvir suas consumidoras, se colocar no lugar delas e suprir suas reais necessidades. Tudo bem, aqui no Brasil isso ainda não funciona 100% no quesito tonalidades de produtos (estão avançando), mais está sendo bem “ok” em relação a seu contato com cliente através da identificação e diversidade em suas propagandas, e isso importa.

Se vê representado em algum lugar é algo de extremo valor pra quem nunca teve voz. Ver negros, mulheres, gays sendo referências ao invés de produto, isso sim é valor.

A Avon, por exemplo, é uma das que tem entendido nosso pedido por representatividade e resolveu colocar mulheres, negras e empoderadas tudo junto em uma só propaganda para anunciar o lançamento de O Que te Define a mais nova campanha da marca que é estrelada por ninguém menos que Karol Conka, MC Carol de Niteroí e Lay. É possível enncontrar mais representação nas #SeConheçaSeEncante e #EuMeAtraio.  Além disso, a marca tem diversos movimentos empoderadores em suas redes sociais como o #belezaquefazsentido que inclusive valoriza o poder e auto-estima de suas próprias revendedoras.

Já a L’Oreal já faz esse movimento empoderador e representativo a um tempo. Thais Araújo (Que foi definida pela Vogue Americana como a mulher mais estilosa da TV) é embaixadora da linha Elseve para cacheadas e crespas e tem voz ativa na marca. A pouco tempo realizou junto a empresa o concurso Casting CUFA – Solte seu Brilho, dando a oportunidade para meninas de comunidades mostrassem seu talento em rede nacional concorrerem a um curso de teatro e uma vaga na telinha, isso é lindo!

A Quem disse Berenice também é flor que se cheire e aprecie. A marca tem campanha de empoderamento nas redes sociais com a #épramim aonde descarta de vez os preconceitos e mostra que toda mulher deve ser livre e decidir o que quer ou não pra ela. Além disso, em suas propagandas o que não falta é menina negra dando dicas de beleza e realçando a beleza da marca.

Fato, o poder está nas mãos de quem faz, essas marcas e outras tantas que não foram citadas tem feito um belo trabalho no mundo, sem forçar, sem cotas e sem mimimi, elas emponderam, dão voz, representam, informam e suprem. Representar é importante.