Dossiê Dashiki: saiba mais sobre o clássico da moda africana

07 - 07 - 2015

mequetrefismos-dashiki-tendencia-moda-africana

Provavelmente, nos últimos tempos, você já viu pipocar nas suas redes sociais belas e belos com uma espécie de bata, super exuberante, colorida e com motivos africanos, como essas aqui:

mequetrefismos-dashiki-tendencia

mequetrefismos-dashiki-tendecia

mequetrefismos-dashiki-moda-africaca-1

Apesar de tê-la desde 2008, descobri faz pouco tempo o real nome desse clássico da moda africana: DASHIKI.

Luiza Brasil, 2008 / Reprodução - RioEtc

Luiza Brasil, 2008 / Reprodução – RioEtc

 

7 anos depois...dashiki!

7 anos depois…dashiki!

Inicialmente, o dashiki é uma peça do vestuário masculino, usada pelos homens da África Ocidental, compreendida por países como Cabo Verde, Costa do Marfim, Gana, Nigéria e Senegal. O item ainda é bastante usado entre comunidades islâmicas africanas e em alguns rituais importantes como nos casamentos, quando o elemento ganha toques mais luxuosos, a partir de bordados e aplicação de pedrarias. A vestimenta  ganhou o mundo a partir do Rei Ofuntola Oseijeman Adelabu Adefunmi, que nasceu Walter Eugene, nos Estados Unidos. Aos 16 anos, o Oba ( nome usado em yorubá para definir “rei”) interessou-se em estudos africanos e após uma viagem ao Haiti, ele voltou para os EUA, onde começou uma fabricação em pequena escala de trajes africanos. O “boom” dos dashikis ocorreu entre o final dos 60’s e começo dos 70’s, com o advento do Movimento “Black Power”.

mequetrefismos-dashiki-vintage

mequetrefismos-dashiki-vintage-70s

Voltando para os tempos atuais, entre as principais responsáveis por tornar o clássico africano um objeto de desejo são as musas negras Beyoncé e Rihanna:

mequetrefismos-dashiki-rihanna-beyonce

Confortável, versátil e encantadoramente lindo, o dashiki proporciona uma gama variadíssima de looks, que passeiam entre o casual, o de trabalho e o classy!

CASUAIS: para a peça ganhar uma atitude mais urbana, abuse de sapatos como sliders, flatforms e tênis.

mequetrefismos-dashiki-tendencia-maga-moura

mequetrefismos-dashiki-moda-africana-tendencia

 

mequetrefismos-dashiki-casual-tendencia

mequetrefismos-dashiki-moda-africana-casual

TRABALHO: quem disse que as túnicas ultracoloridas não combinam com trabalho? Invista nos modelos em comprimentos um pouco maiores ou faça combinações com o bom e velho jeans!

mequetrefismos-dashiki-looks-trabalho

mequetrefismos-dashiki-looks-trabalho

 

mequetrefismos-dashiki-look-trabalho

CLASSY: para as moçoilas que não dispensam um bom salto e adoram cair na noite, abuse dos comprimentos mais curtinhos e use sem pudor acessórios como gargantilhas, braceletes e maxibrincos.

mequetrefismos-dashiki-classy-looks-trends

mequetrefismos-dashiki-classy-trend

 

mequetrefismos-dashiki-party-looks

E PARA ELES… não há nada mais ancestral e cheio de atitude. Seja em looks com bermudas ou calças mais ajustadas ao corpo, a grande sacada é investir em produções bem street, como elementos como sneakers, mochilas, chapéus e headphones.

mequetrefismos-dashik-moda-masculino-africana

 

mequetrefismos-dashiki-look-masculino-moda-africana

mequetrefismos-dashiki-look-masculino-inspiracao

 

mequetrefismos-dashiki-look-masculino

mequetrefismos-dashiki-looks-masculinos

mequetrefismos-dashiki-moda-masculina-afro

Dashik is the new black!

 

 

 

Leia também:

RAINHA DO BAILE: CONFIRA INSPIRAÇÕES DE VESTIDO DE FESTAS AFRO