Para tombar: 4 afro-projetos que você precisa conhecer (e apoiar)

23 - 06 - 2016

mequetrefismos-afro-projetos-empoderamento-representatividade

Fala-se muito em Geração Tombamento. Essa turma vive o empoderamento a partir de sua estética e mostra que a autoestima é mais do que vaidade: é um ato político e será histórico.

Diante de toda a filosofia de “black empowerment” que toda essa legião de jovens prega (sim, eu me incluo nessa), transbordam ideias e projetos interessantes que merecem transpor as barreiras e conquistar a confiança e ajuda de novos apoiadores. Entre uma infinidade de exemplos, conheça 4 deles:

  •  CADÊ NOSSA BONECA?

download

Enxergar-se no brinquedo é fundamental, seja pela semelhança física ou pelos papéis que a imaginação é capaz de criar. O projeto nasceu depois da arrecadação de brinquedos por parte de três amigas, Ana Marcilio, Mylene Alves e Raquel Rocha, que ao olharem o material doado, constataram a nossa realidade mercadológica: todas as bonecas eram brancas, em um país onde os negros representam 53,6% da população. Minoria? O objetivo do “Cadê nossa boneca?” é mudar esse cenário levando para as crianças mais diversidade e representatividade.  Assista ao vídeo:

 

  • AUTOESTIMA DIVA:

mequetrefismos-priscila-barbosa-autoestima-diva

A brilhante iniciativa é da blogger Priscila Barbosa (mulher que tenho uma admiração enorme), do Coisa de Menina Indecisa  . Ela simplesmente largou absolutamente tudo para apostar em um sonho: o #AutoEstimaDiva. O projeto tem como principal objetivo dialogar em várias esferas como escolas e empresa sobre identidade e autoestima da mulher. Algo visionário e extremamente necessário, que causa um impacto impressionante na vida de quem participa. A principal ideia? Levar o A.E.D. para o todo o país!

mequetrefismos-projeto-autoestima-diva-1

mequetrefismos-projeto-autoestima-diva

 

 

  • ID_BR:

mequetrefismos-logo-do-instituto-identidades-do-brasil_0

O Instituto idealizado pela brilhante Luana Martins, tem como intuito mobilizar a sociedade civil contra o racismo, arrecadar fundos e apoiar projetos sociais, a partir da venda de sua t-shirt com o símbolo da campanha: um coração composto por vários fragmentos que remetem aos vários tons de pele encontrados no país. A partir de conteúdos especiais e ações como jantares filantrópicos e corridas, o principal propósito do ID é ser referência em igualdade racial, mapeando o oportunidades e dando suporte a trabalhos que priorizam o empoderamento de grupos marginalizados. Quer saber mais? Clique aqui !

 

  • AFROBETIZAR

mequetrefismos-afrobetizar

Liderado por Gessica Justino, Aruanã Garcia e Vanessa Trindade, o Afrobetizar, localizado no Morro do Cantagalo, Rio de Janeiro, preza uma forma de educar não linear, fora dos padrões das escolas brasileiras e aplica em suas atividades o reconhecimento das inteligências múltiplas com a introdução da cultura afro nos mais variados segmentos. O resultado? A elevação da autoestima de cada criança, expansão do olhar para o mundo e a possibilidade de escolha do futuro.

mequetrefismos-gessica_justino_meninas_afrobetizar

mequetrefismos-afrobetizar-professoras
Vivendo, aprendendo e construindo!