Crespos e coloridos: como pintar o seu cabelo afro

08 - 01 - 2015

Foto de abertura

O cabelo black cada vez mais tem mostrado o seu lado “power”! Moçoilas cheias de personalidade desfilam ao redor do globo suas imponentes e volumosas jubas e passam a exibir o mais verdadeiro reflexo da luta por igualdade e recuperação da auto-estima das mulheres negras. Em meio ao grito de “afro hair, don’t care”, eis que surge mais uma nova mania entre as crespas: os cabelos coloridos.

mequetrefismos-como-colorir-cabelo-afro-1

O que era um pudor, virou uma eficaz arma de estilo e sinal de novos tempos. Afinal, até alguns anos atrás, meninas de cabelo crespo, em geral, não recorriam para as tinturas devido às fortes químicas que se submetiam (relaxantes, alisamentos e permanentes), além do fato da ditadura da beleza alegar que tonalidades loiras e coloridas eram “incompatíveis” com a pele negra. Mas entre as pioneiras da geração 2.0 que contribuíram e muito para colocar o “pé na porta” e derrubar esses paradigmas estão as cantoras Rihanna e Azealia Banks:

mequetrefismos-cabelo-afro-colorido-Rihanna-Azelea-banks

É lindo, maravilhoso, mas também exige alguns cuidados. Apesar da aplicação da tintura em cabelos afro ser o mesmo processo do que o usado em outros tipos de fio, quanto mais crespa, mais ressecada é a madeixa e, portanto, mais frágil. Segundo a especialista em cabelos afro Ainá Garcia (aka Madame Garcia), antes de aderir ao “afrocolorismo”, é importante ter em mente que a cabeleira precisa estar forte e natural.

mequetrefismos-farm-cabelo-afro-colorido-2

“Como de uma maneira geral o cabelo crespo é mais escuro, provavelmente antes de aplicar a cor ele terá de ser descolorido, o que é um processo bem agressivo e que não combina com nenhuma química que muda a estrutura do cabelo”, disse Ainá. Outra dica é também evitar o uso excessivo de escovas, chapinhas e babyliss.

mequetrefismos-farm-como-pintar-cabelo-afro

Atingiu o resultado desejado? O trabalho não acaba por aqui não! É fundamental investir na hidratação e nas máscaras reconstrutoras. No caso das platinadas, produtos que tiram o efeito amarelado também são imprescindíveis!

mequetrefismos-farm-como-pintar-cabelo-afro-colorido

Para as camaleônicas que pretendem mudar o tom do cabelo com mais frequência, um conselho da Madame Garcia é iniciar pelas nuances mais claras e, gradativamente, atingir as mais escuras. “O ideal é ir do mais clarinho para as cores mais fortes, pois o inverso é bem mais complicado. Até existem produtos que tiram um pouco da tinta, mas nem sempre dá muito certo”. Outra solução proposta é esperar o desbotamento natural.

mequetrefismos-farm-como-pintar-cabelo-afro-colorido-2

Entre as tonalidades mais procuradas? O rosa e o azul.

Liberdade, orgulho, atitude e muita força na peruca!

 

{Conteúdo produzido originalmente para o ADORO FARM}